Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de
Ensino de Presidente Prudente e Região

NOTÍCIAS DO DIA
Professores fazem carreata em SP, donos de escola fazem carreata em Brasília, as lives desta quinta e mais: a nova nota de 200.

quinta-feira, 30 de julho de 2020

 
Educador+ é um ambiente de apoio aos profissionais de educação: troca de experiências, suporte pedagógico, orientação jurídica, saúde e bem estar e também ofertas especiais em produtos e serviços. Na web, no facebook, em aplicativo para seu celular.
Lançamento neste sábado, 1º de agosto. Veja como funciona aqui: https://bit.ly/33alfY4

 


 

Professores da rede pública protestam contra a volta às aulas presenciais
Estadão; 29/07
https://bit.ly/39Gyely

Professores da rede pública estadual de São Paulo realizaram na manhã desta quarta-feira, 29, carreata contra a volta às aulas presenciais, prevista para acontecer no dia 8 de setembro. O ato também pedia pagamento de auxílio emergencial aos educadores.

Para evitar aglomeração, a maioria dos professores permaneceu dentro dos carros durante o trajeto. De acordo com os organizadores, 260 veículos partiram do Estádio do Morumbi e seguiram até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo. O ato foi organizado pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp).

“Eu não sei quando vai reabrir (as escolas). Mas sei que agora não deve. Nessa condição de agora, até acenar com a possibilidade de reabertura em setembro é uma sinalização equivocada para a sociedade. Certamente as UTIs estão em níveis melhores, mas a epidemia ainda está ativa”, defende.

Os carros tinham adesivos ou bandeiras com palavras de ordem como “em defesa da vida” e “salário e auxílio emergencial já”. A presidente da Apeoesp e deputada estadual, Professora Bebel (PT), justificou que as escolas não têm estrutura para seguir o protocolo sugerido pelo governo estadual. Para reabertura, todas as regiões do Estado têm de estar na fase amarela por 28 dias. 

 



Em Brasília: donos de escolas de Educação Infantil fazem carreata para pedir volta às aulas presenciais no DF
G1; 30/07
https://glo.bo/3gfOGLZ

Donos de escolas – e também professores – de Educação Infantil realizaram, na manhã desta quarta-feira (29), uma carreata no Distrito Federal para pedir ao governo o retorno às aulas presenciais (veja vídeo acima). As atividades estão suspensas desde o dia 11 de março, por causa da pandemia do novo coronavírus.

As aulas presenciais, em Brasília, estão suspensas desde 11 de março. As escolas particulares estavam previstas para retomar as atividades em 27 de julho.

No entanto, uma ação do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) suspendeu, por dez dias, o retorno das aulas presenciais. O prazo começou a contar na última segunda-feira (27). Nesta terça (28), o Sindicato das Escolas Particulares recorreu da decisão TRT-10.

 

Flexibilização de critérios na pandemia, volta às aulas?
TVT; 29/07
https://youtu.be/Sbgzb8bl40Q

Em entrevista na TVT, Celso Napolitano, Fepesp, afirma que não podem haver decisões precipitadas. ‘Está havendo pressão do poder econômico pela reabertura das escolas”, diz Napolitano, “Ficamos muito preocupados com a flexibilização. Há que ter todo um conjunto de critérios, sanitários, psicológicos, que permitam a volta dos alunos às escolas’.

Para isso, a Federação dos Professores do Estado de São Paulo entrou com recurso no Ministério Público do Trabalho, para que as entidades patronais que representam as escolas e instituições de ensino superior sejam convocadas a discutir com seus profissionais de educação os protocolos e procedimento de acolhimento para o momento em que for seguro volta às aulas.

 


Sto.André e S.Bernardo barram retorno das aulas presenciais no dia 8 de setembro
Sinpro ABC; 29/07
https://bit.ly/3k4PXbk

Os prefeitos de Santo André, Paulo Serra (PSDB), e de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), avisaram na noite desta terça-feira (28) que não vão autorizar o retorno das aulas presenciais no município no dia 8 de setembro, data estipulada pelo governo do Estado para o regresso das atividades escolares.

Os tucanos realizaram lives, transmitidas pelas redes sociais. E ambos argumentaram que o cenário atual não permite que haja a volta das aulas. Em Santo André são 38 mil alunos matriculados. Em São Bernardo, 82 mil.

“Estamos discutindo o cenário, avaliando os números, a ciência e vamos ainda sentar e conversar definitivamente. Mas, atualmente, não há como voltar (o ano letivo presencial). O risco ainda é grande de disseminação do novo coronavírus”, discorreu Paulo Serra. “Autorização (do Estado) não é determinação. Neste caso, estou avisando, vamos postergar o retorno. Não há segurança para isso. Sei que é uma medida que não vai agradar a todos. Mas estou aqui para cuidar de vidas”, listou Morando. (via Diário do Grande ABC).

 


SP é uma das cidades que ficará por mais tempo sem aulas em todo o mundo por causa da Covid-19
Monica Bergamo; 30/07
https://bit.ly/30dapPl

Caso os alunos retornem às escolas em 8 de setembro, serão completados 172 dias com as portas fechadas. Poucos países ou metrópoles alcançaram a marca. A Itália chegou a 181 dias. Em Wuhan, na China, os estudantes pararam por 114 dias. Nova York, nos EUA, completará 169 dias, caso o retorno ocorra no dia 1º de setembro, como é esperado.

 

Brasil registra recorde de covid-19 em 24 horas e passa de 90 mil mortos
Rede Brasil Atual; 30/07
https://bit.ly/2DlomS2

A pandemia de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, segue cada vez mais letal no Brasil. Nas últimas 24 horas foram registradas 1.664 mortes, número mais alto desde o início do surto, em março. Já são 90.134 vidas perdidas. As informações são do Conass, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde e foram divulgadas no início da noite desta quarta (29).

O número de casos também tem um novo pico. No último período, foram registrados 72.377 novos doentes. Com o acréscimo, o país tem 2.553.265 infectados. A curva epidemiológica no Brasil segue em crescimento.

 


As ‘lives’ desta quinta, dia 30:

 

 

 

 

Anúncio da nota de R$ 200 gera enxurrada de memes – a imagem da nopva nota ainda não foi divulgada e, enquanto isso, internautas fizeram brincadeiras com Neymar, Pabllo Vittar, Jair Bolsonaro, entre outros.


Banco Central lançará cédula de R$ 200 com imagem de lobo-guará
UOL; 30/07
https://bit.ly/3g8wLXH

O Banco Central anunciou ontem  o lançamento da cédula de R$ 200, que terá como personagem o lobo-guará. A nova nota deve entrar em circulação a partir do final de agosto. A imagem de como será a nova cédula ainda não foi divulgada pelo Banco Central, que afirmou que ela ainda está em “fase final de testes.

O lançamento da nova cédula já estava previsto, mas é uma medida preventiva para responder a um possível aumento da procura por parte da população.

A previsão do BC é que sejam impressas 450 milhões de cédulas de R$ 200 neste ano. Pandemia acelerou decisão Mais cedo, o BC informou que de fevereiro, antes da pandemia, para junho, o Papel Moeda em Poder do Público (PMPP) saltou 28,9%, de R$ 210,227 bilhões para R$ 270,899 bilhões. Este é o maior valor da série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2001.

De acordo com o chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, o aumento do papel moeda nas mãos do público nos últimos meses foi causado pela procura da população com a liberação do auxílio emergencial mensal de R$ 600 pelo governo.

“O Banco Central acredita também que aqueles beneficiários do auxílio emergencial que receberam o seu benefício em espécie não retornaram esse dinheiro ao sistema bancário com a velocidade que a gente esperava”, afirmou Carolina de Assis Barros, diretora de Administração do BC.