Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de
Ensino de Presidente Prudente e Região

NOTÍCIAS DO DIA
#forabolsonaro das centrais, #adiaenem do MPF, feriadão antivírus em SP – e mais.

terça-feira, 19 de maio de 2020


Em nova etapa da campanha salarial 2020 no Ensino Superior privado, os representantes patronais propuseram hoje, 18/05, a formação de um ‘grupo de trabalho’, para discutir as questões pendentes na renovação da convenção coletiva de trabalho de professores e auxiliares de administração escolar.

 

Tudo sobre a Campanha Salarial 2020 no Ensino Superior, aqui:  https://bit.ly/3bHQqus

As negociações se encontram diante de um impasse sobre cinco questões fundamentais nas convenções coletivas: férias, recesso e garantia semestral de salários dos professores, banco de horas dos auxiliares de administração escolar e, ainda, reajuste salarial para as duas categorias.

 


Centrais sindicais lançam campanha pela saída de Bolsonaro

Folha de São Paulo; 18/05
https://bit.ly/3dS8iEy

Onze centrais sindicais lançam, nesta segunda-feira (18), uma campanha pela saída do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O “Fora Bolsonaro” será lançado oficialmente às 20h pelas redes sociais e incluirá a fixação de cartazes, a começar nesta madrugada, com a colagem de 10 mil exemplares em São Paulo. Às 21h, haverá uma projeção na cidade.

Presidente da CTB (Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), Adilson Araújo afirma que a meta é fixar um milhão de cartazes por todo o país. “Não tem jeito. Chegamos a um momento em que o povo já percebe que o país está sem governo. Só causa confusão”, afirmou Miguel Torres, presidente da Forç Sindical, segundo quem o presidente briga até com a ciência.

Para Torres, o ideal seria que o movimento crescesse ao ponto de Bolsonaro renunciar ao cargo, já que, além de traumático, o processo de impeachment demoraria muito. O presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Sérgio Nobre, também tem dúvidas sobre o sucesso de um processo de impeachment no Congresso Nacional. Para ele, no entanto, é necessário fazer esse debate com a sociedade.

  

 

Enem 2020: Defensoria Pública entra com recurso para adiar prova
G1; 18/05
https://glo.bo/2Xabbd8

Defensoria Pública da União (DPU) entrou com recurso, nesta segunda-feira (18), para que o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) reveja decisão tomada em abril e adie a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, marcada para novembro.

Ao pedir a mudança do cronograma, a DPU diz que, com a suspensão das aulas presenciais durante a pandemia do novo coronavírus, o preparo dos alunos para o Enem é prejudicado.


Sem “oferta de educação digna, manter Enem viola Constituição”, diz MPF
UOL; 18/05
https://bit.ly/2TkxJqC

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal (PFDC/MPF) encaminhou uma nota técnica ao Ministério da Educação onde avalia que manter a prova do Enem no contexto de pandemia viola a Constituição Federal. O órgão cita que a falta de acesso à tecnologia ou a uma boa conexão de Internet dificulta a aprendizagem contínua, principalmente para os estudantes de famílias desfavorecidas, prejudicados também pela suspensão das aulas presenciais e que podem, por isso, ter seu desempenho prejudicado no exame.



‘Crianças terão prejuízos no ensino e precisamos de plano de recuperação’, diz educadora
Folha de S. Paulo; 18/05
https://bit.ly/3cN1rvM

Entrevista: Maria José Nobrega –  “Os pais precisam tomar cuidado ao tentar ensinar a criança para não atrapalhar o que já foi desenvolvido pela escola, para não criar um trauma com a escrita. Provavelmente, a forma como os pais foram alfabetizados não é mais como é feito hoje”, disse Maria José, que já trabalhou como assessora pedagógica no Ministério da Educação, em secretarias municipais e estaduais de educação e em colégios particulares, como o Pio XII e Vera Cruz.




‘Não será um ano perdido se soubermos interpretar o que está acontecendo’, diz secretária de educação de BH
Epoca; 16/05
https://glo.bo/2WJ9S5I

Ângela Dalben (foto), secretária de Educação de Belo Horizonte, não duvida dos benefícios da educação à distância. No entanto, ela decidiu não aderir ao ensino remoto na rede municipal, na qual estudam 202 mil alunos — decisão que vai na contramão da maioria de outras capitais e governos estaduais.

“Não temos rotina, hábito e história de trabalho de educação à distância na rede de Belo Horizonte. No ensino superior, médio e até no segundo segmento do fundamental, com crianças de 12, 13 e 14, é possível funcionar muito bem. Mas crianças pequenas de 0 a 5 anos da infantil e do processo de alfabetização e as crianças até 11, 12 anos fica mais complicado e precisamos de uma experiência maior desse tipo de proposta pedagógica”.

 

 

Câmara Municipal de SP aprova criação de feriadão nesta semana
Estadão; 18/05
https://bit.ly/2XcbmEB

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta segunda-feira, 18, já em votação final, o projeto de lei que autoriza o prefeito Bruno Covas (PSDB) a antecipar os feriados de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra para a próxima quarta e a próxima quinta-feira, 20 e 21, de modo a criar um feriadão para manter as pessoas em casa e aumentar o isolamento social na cidade, como forma de retardar o avanço do coronavírus.

A aprovação em menos de 24 horas se deu por meio de inclusão dessas autorização em uma emenda a outro projeto na Câmara, que já havia sido aprovado em primeira votação.

Feriadão temporão

  • São Paulo antecipou os feriados de Corpus Christi e da Consciência Negra a fim de parar a cidade por cinco dias consecutivos a partir de quarta-feira. A ideia é retirar pessoas das ruas e aumentar o isolamento social, com um ponto facultativo na sexta, num momento crítico da pandemia do novo coronavírus. / estadão

Crescendo

  • O Brasil já registra 254.220 casos de novo coronavírus, a maioria concentrada em São Paulo, estado mais populoso. O país é agora o terceiro no mundo com mais contaminações. O número de mortos está em 16.792. Ontem, foram computadas 674 vítimas fatais. / nexo

 

 

Uma semana após reabrir escolas, França fecha 70 por causa de coronavírus
Folha de S. Paulo; 18/05
https://bit.ly/2z2s7uc

Uma semana depois de retomar as aulas do ensino infantil e fundamental, o governo francês anunciou que voltaria a fechar 70 das 40 mil escolas por causa de contágio pelo coronavírus.

Em entrevista ao canal de notícias BMF TV, o ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer, disse que o fechamento não deveria ser motivo de inquietação, mas, ao contrário, uma demonstração de que as autoridades de saúde estavam vigilantes.

Como o período de incubação da doença pode levar até 14 dias, é possível que as pessoas cujos testes deram positivo tenham sido contaminadas antes da retomada das aulas.

N retomada das aulas, a França reduziu à metade o tamanho das turmas, de 30 para 15 alunos, adotou medidas de higiene e desinfecção e permitiu que as crianças continuassem acompanhando as aulas de casa, pela internet.

 

Eliezer Mariano da Cunha
28/06/1951 – 18/05/2020

Eliezer Mariano da Cunha, paulista de Valparaíso, criado na simplicidade da roça e metalúrgico siderúrgico desde que ficou grande, soube entender a vida e percebeu desde cedo que podemos fazer diferença quando nos unimos por uma vida melhor, sem tirania nem abuso. Sua liderança levantou o Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e seu coração – que parou de funcionar ontem, 18 de maio, um ano e um mês antes dele completar 70 anos – sempre esteve com os que trabalham com dignidade e querem fazer deste um mundo melhor.

 

A Fepesp, em nome dos seus sindicatos integrantes, deseja conforto a seus familiares, e espera que sua trajetória de vida sirva de exemplo aos trabalhadores brasileiros de todas as categorias.