Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de
Ensino de Presidente Prudente e Região

NOTÍCIAS DO DIA
OAB contra EAD, Ser conclui compra da Uninorte, governo quer baratear contratação de mais pobres, e mais.

segunda-feira, 4 de novembro de 2019


A defesa dos direitos  da pessoa, como o do acesso ao ensino, é questão que interessa a todas as professoras e professores. Neste programa, a TV Fepesp apresenta um pouco da história e muito dos textos, vídeos, fotos e artes que fizeram parte do Prêmio Vladimir Herzog neste ano. Aquihttp://bit.ly/2NflGYQ.

 



OAB vai à Justiça contra cursos de direito
à distância e setor de educação reage

Folha de S. Paulo; 04/11
http://bit.ly/2WHCiLK

Felipe Santa Cruz, presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), entrou na Justiça na quinta (31) pedindo liminar contra a oferta de cursos de direito a distância. Segundo a entidade, falta regulamentação para autorizar os programas, que perdem qualidade sem a prática presencial. A iniciativa já provocou reação no mercado de ensino superior privado. A consultoria Hoper escreveu na sexta (1º) uma análise em que diz ver fragilidades na medida da OAB.

 


Quase 30% de formandos de escola pública não se inscrevem no Enem
Folha de S. Paulo; 02/11
http://bit.ly/36vPh83

Mesmo consolidado como a principal porta de entrada do ensino superior, o Enem não conseguiu reverter a tendência de baixa participação de estudantes do ensino público. É comum entre alunos de escolas privadas, com melhor renda, a busca de uma vaga no ensino superior já no fim do 3º ano. Na escola particular, 95% dos concluintes fizeram o Enem, na média, entre 2015 e 2018. Já entre alunos da escola pública, essa média é de 72%: quase três em cada dez alunos nem sequer se inscrevem para fazer a prova.

 

Ministro diz que quem vazou foto no Enem se arrependerá de ter nascido
UOL; 03/11
http://bit.ly/2WKmng2

Após confirmar que uma foto do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que circula desde às 15h é verídica e dizer que o vazamento não prejudicou o andamento da prova, o ministro Abraham Weintraub afirmou que vai “escangalhar ao máximo” a vida de quem publicou a foto. Em entrevista coletiva após a prova, ele disse ainda que quer fazer a pessoa se arrepender “amargamente de um dia ter vindo ao mundo.”

 

Ser Educacional conclui compra da Uninorte
Valor Econômico; 01/11
https://glo.bo/34qFC0D

A Ser Educacional informa que foi realizada a conclusão financeira do contrato de compra e a efetiva transferência de 100% das ações da Sociedade de Desenvolvimento Cultural do Amazonas (Sodecam), controladora do Centro Universitário do Norte (Uninorte). A aquisição foi realizada por meio da subsidiária Centro Nacional de Ensino Superior (Cenesup). Conforme comunicado, foram cumpridas as condições precedentes. A compra da Uninorte pela Ser Educacional foi confirmada no dia 17 de abril por R$ 194,8 milhões.

 

 


Quero Educação faz aporte de R$ 20 milhões
e se funde com site de colégios Melhor Escola

Época Negócios; 01/11
https://glo.bo/34uaptA

A companhia brasileira Quero Educação anunciou nesta sexta-feira investimento de R$ 20 milhões no buscador de colégios Melhor Escola, focado em conectar alunos a instituições de ensino, oferecendo vagas com descontos. O Melhor Escola vai ser integrado ao marketplace Quero Bolsa, adicionando ao produto 3 mil escolas e 12 mil cursos de nível infantil, fundamental e médio, afirmou a empresa. “A expectativa é triplicar o número de escolas parceiras no próximo ano”, afirmou a companhia em comunicado.

 

 


Governo vai baratear contratação de jovens
e mais velhos que ganham até R$ 1,5 mil

Estadão; 01/11
http://bit.ly/33eT6MB

O novo programa do governo para incentivar a geração de empregos no País vai reduzir o custo das empresas nas contratações de trabalhadores com remuneração de até 1,5 salário mínimo, o equivalente hoje a R$ 1.497,00 mensais, segundo apurou o Estadão/Broadcast. Ao limitar a faixa salarial para o programa, a equipe econômica pretende impedir que os benefícios sejam destinados a contratações de profissionais que encontram trabalho com maior facilidade. O objetivo é dar oportunidade a pessoas com menor qualificação que hoje estão com dificuldades para conseguir uma vaga formal no mercado.

 

Governo estuda reduzir correção de ações trabalhistas pela metade
Estadão; 02/11
http://bit.ly/32jAVV7

O governo estuda mudar a fórmula de correção dos débitos em ações trabalhistas. Os valores devidos por uma empresa (desde FGTS até horas extras, entre outras dívidas com o trabalhador) são hoje atualizados pelo indicador IPCA-E mais 12% ao ano. A ideia é manter o índice de inflação, mas alterar o segundo componente da correção para o juro da poupança. Nos cálculos da área econômica, o estoque de dívidas trabalhistas acaba tendo uma atualização de cerca de 16% ao ano pelas regras atuais – ou seja, o passivo dobra de valor em aproximadamente cinco anos. Com o novo parâmetro, essa correção cairia para algo em torno de 7% ao ano, levando mais de uma década para dobrar de valor.

 

Sorocaba: Eleições sindicais – roteiro das urnas
Sinpro Sorocaba; 02/11
http://bit.ly/32hcMhE

As eleições para escolha da nova diretoria e conselho fiscal do Sinpro começam nesta segunda-feira (04/11). Compareça até a sede do Sindicato entre 9h e 18h ou confira se haverá urna no seu local de trabalho: http://www.sinprosorocaba.org.br/noticias_fotos/3966_arq.pdf.

 

SinprOsasco: O que os ventos do Chile trazem de alerta para o Brasil?
Sinprosasco; 30/10
http://bit.ly/2oJyDAG

Artigo da Diretoria do Sindicato: Na semana passada adotamos um modelo previdenciário inspirado nesse país que se pintava como o modelo de sucesso a ser seguido e suas práticas econômicas sustentadas em uma cartilha defendida pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, um aprendiz à época dos “Chicago Boys”, que se relacionou de forma bem próxima com os chilenos da ocasião e chegou recentemente a apontar o país vizinho, que está em ebulição, como a “Suíça da América Latina”. O atual governo vem demonstrando um grande empenho e demonstrando grande dedicação para apresentar esse novo “modelo previdenciário” como o salvador da pátria dos problemas atuais, como gerador de empregos e desenvolvimento econômico, exatamente como feito há 37 anos. O que os “ventos vindos do Chile” nos trazem de alerta? Será que a experiência do país vizinho não nos dá um bom aperitivo pelos tempos sombrios que se aproximam?

 

SinproVales: Assessoria previdenciária para professores
SinproVales; 01/11
http://bit.ly/36wE47i

O Sindicato oferece aos professores de Indaiatuba, Salto e Itu mais um serviço: Assessoria previdenciária.

 

 


Artigo | O rabo que abana o cachorro
O Globo; 01/11
https://glo.bo/2JNscUm

Por Leo Aversa: Não sei se os leitores têm a mesma experiência que eu, mas não me lembro dos meus pais resolvendo os meus problemas na escola: consideravam que a sua função era pagar a mensalidade em dia e fiscalizar a cor das notas no boletim, o resto era por minha conta. Não por desleixo, mas é que ainda estava em vigor a filosofia — hoje jurássica — de que é importante que a criança aprenda a se virar sozinha. Não tinha essa conversa de “oh, a professora de história é muito severa, não respeita o meu tempo de aprendizado”, “ah, o professor de matemática não vai com a minha cara…”. Se tentasse algo assim ouviria um carinhoso “dane-se, dá o teu jeito de tirar nota alta” do papai ou um afetuoso “se vira playboyzinho, se aparecer com uma nota vermelha pode procurar outra casa para morar” da mamãe.