Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de
Ensino de Presidente Prudente e Região

NOTÍCIAS DO DIA
#13A reunirá estudantes e trabalhadores, acesso ao ensino superior desacelera, Fies tem R$ 11,6 bilhões parados, e mais.

segunda-feira, 12 de agosto de 2019


Sindicatos integrantes da Fepesp dão largada a ampla campanha de sindicalização

Sindicalize-se: http://fepesp.org.br/noticia/sindicalizacao-a-aposta-dos-sindicatos/

 

 


Organizadores veem crescimento de adesão 
a atos contra cortes na educação

Folha de S. Paulo; 12/08
http://bit.ly/2yUL1PS

O monitoramento das adesões aos novos protestos contra cortes na educação animou organizadores dos atos marcados para esta terça (13). Além de professores e alunos, que estão deliberando o assunto em assembleias nos diretórios acadêmicos, a mobilização foi reforçada por artistas. Frases polêmicas ditas pelo presidente, como a homenagem a Carlos Alberto Brilhante Ustra, serão exploradas. No Rio, cartazes vão opor a imagem do torturador à de Marielle Franco.

 

Funcionalismo: servidor deve parar amanhã em protesto
Folha de S. Paulo; 12/08
http://bit.ly/2ySJlWS

Os servidores públicos da Prefeitura de São Paulo e do governo do estado vão participar, nesta terça-feira (13), do Dia Nacional de Mobilização, no qual farão protesto em defesa de educação, aposentadoria, trabalho, salário e saúde pública.




Sindicalistas criticam TST por liberar trabalho intermitente
Agência Sindical; 09/08
http://bit.ly/2KDoBrM

A 4ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho se posicionou a favor da jornada intermitente para todas as funções. Essa modalidade foi liberada em 2017 pela Lei 13.467 – reforma trabalhista de Temer. Na prática, o empregado só recebe pelo período efetivamente trabalhado, quando convocado pela empresa. Férias, 13º salário e FGTS são pagos proporcionalmente.

 

Novo procurador-geral do Trabalho é crítico 
da terceirização irrestrita e da ‘reforma’ trabalhista

Rede Brasil Atual; 09/08
http://bit.ly/2H2BF92

O baiano Alberto Bastos Balazeiro, 41 anos, será o novo procurador-geral do Trabalho. A nomeação foi publicada na edição desta sexta-feira (9) do Diário Oficial da União, na Portaria 68, da Procuradoria-Geral da República e do Ministério Público da União. Primeiro colocado da lista tríplice do Ministério Público do Trabalho, com 563 de um total 744 votos, ele tomará posse no próximo dia 22, substituindo Ronaldo Curado Fleury, para um mandato de dois anos. Com o lema “restaurar a força do MPT”, Balazeiro apresenta-se como crítico da terceirização irrestrita e da “reforma” trabalhista.

 

Governo pode acabar com dedução 
de gastos em educação e saúde no IR

Gaúcha ZH; 10/08
http://bit.ly/31vlQ2D

Alterações no Imposto de Renda (IR) devem ser um dos pilares do projeto de reforma tributária a ser divulgado pelo governo federal nos próximos dias, conforme antecipou o secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra. Na lista de itens que podem estar contemplados na proposta elaborada pelo Ministério da Economia, figuram: correção anual, pela inflação, do limite de renda que isenta do tributo, mudanças nas alíquotas e fim das deduções dos gastos com educação e saúde. E é justamente este último ponto o principal alvo de divergências.

 

 


Fundo garantidor para cobrir calotes
do Fies tem R$ 11,6 bilhões parados

Folha de S. Paulo; 12/08
http://bit.ly/2OR08Vm

O professor da FGV Celso Napolitano diz que é importante fazer a discussão do uso desses recursos, mas com cautela. “O fundo foi criado para garantir [o pagamento em caso de] inadimplência, não é para financiar as instituições”, diz ele, que preside a Federação dos Professores do Estado de São Paulo. “Agora é que vai começar a surgir os problemas da explosão de contratos de 2014”, diz, referindo-se ao ano em que houve a explosão no número de beneficiários. As regras antigas previam carência de um ano e meio após o fim do curso. Assim, é esperado que um volume considerável de contratos entrem no período de amortização a partir deste semestre. A operacionalização de um sistema de cobrança para devedores sempre foi um ponto de atenção do Fies. O governo iniciou em abril um processo para renegociação de dívidas.

 


No ritmo atual, Brasil só baterá a meta
de matrículas de jovens na universidade em 2037

G1; 10/08
https://glo.bo/2YIJ4p4

O lento aumento de matrículas do ensino superior está deixando o Brasil mais longe de uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE). Um dos compromissos assumidos em 2014 é expandir o ensino superior para que, até 2024, um terço dos jovens de 18 a 24 anos estivessem matriculados em algum curso de graduação. Mas um estudo que analisou a variação registrada entre 2015 e 2017 (ano dos dados mais recentes) projeta que, no ritmo atual, essa meta só será atingida em 2037.

 

Empoderada no governo, irmã de Guedes tem livre acesso ao 1º escalão
Metrópoles; 11/08
http://bit.ly/2yVtuqS

Batizado de “Posto Ipiranga” pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) ainda nas eleições, o ministro da Economia, Paulo Guedes, goza de muita influência no governo. Sua pasta congrega o que, no passado, foram três ministérios: Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio. Elizabeth Guedes, irmã do ministro, também viu o seu prestígio aumentar junto ao poder público com a chegada do presidente e do irmão ao poder. Sete meses após o irmão tornar-se titular da Economia, Elizabeth já teve 35 agendas com o Executivo – uma delas com o presidente Bolsonaro.

 

ABC: Mesmo com mais alunos, FSA volta a atrasar salários
SinproABC; 09/08
http://bit.ly/2N1FFe1

Quem caminha pelos corredores da FSA (Fundação Santo André), uma das mais importantes instituições de ensino superior da região, ainda encontra cenário bastante diferente do observado nos anos 2000, quando chegou a ter 12 mil alunos. Segundo o Sinpro-ABC (Sindicato dos Professores do Grande ABC), a situação não melhorou muito desde que Milreu deixou o cargo e foi substituído pelo então vice-reitor Rodrigo Cutri. Em nota assinada pelo próprio reitor Rodrigo Cutri a FSA relatou que “devido à necessidade de realização de um acordo no âmbito trabalhista, situação inesperada e que não estava prevista, houve um desequilíbrio momentâneo do fluxo de caixa da instituição, cujas ações para normalizá-lo têm sido realizadas por parte da reitoria”.

 

 



BNCC da Educação Infantil: 
duas especialistas tiram dúvidas sobre o tema

Nova Escola; 01/08
http://bit.ly/2MaWBiB

Qual é a concepção de criança trazida pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e como aplicá-la na prática? Como essa visão pode ser incorporada ao projeto político-pedagógico (PPP)? Estas são algumas das dúvidas que professores e gestores estão enfrentando diante da implementação da BNCC na Educação Infantil.

 




Confira esta e outras charges em nosso site: http://bit.ly/2HvT9vP

 

 


Bolsonaro na balança
Jornal Agora; 12/08
http://bit.ly/2KthdQY

Na economia, a equipe do presidente vai fazendo o que se esperava: controle de gastos, redução dos juros, reforma da Previdência. Mas o consumo, o investimento e o emprego decepcionaram. Os indicadores revelam um país empobrecido, um governo quebrado e uma sociedade insatisfeita. Bolsonaro precisa mostrar que dá conta desse recado.

 

Pergunta para o Paulo Guedes,
diz Bolsonaro sobre piora em indicadores

Folha de S. Paulo; 11/08
http://bit.ly/2KGeIcT

O presidente Jair Bolsonaro evitou fazer comentários sobre o levantamento publicado pela Folha neste domingo (11) que mostra uma deterioração de indicadores do país no primeiro semestre de seu governo. “Pergunta para o Paulo Guedes, pergunta para o Paulo Guedes. Outra pergunta”, disse Bolsonaro, solicitando que repórteres que o acompanhavam abordassem outro assunto. A compilação de quase 90 indicadores nacionais, que vão da economia ao meio ambiente, mostra que a maioria deles regrediu nos primeiros seis meses da gestão de Bolsonaro.