Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de
Ensino de Presidente Prudente e Região

NOTÍCIAS DO DIA
No MEC ninguém entende de educação, brasileiros rejeitam a reforma, MP873 traz insegurança ao trabalhador, e mais.

quinta-feira, 11 de abril de 2019

 

 

Weintraub escolhe gestores não ligados à educação 
para secretarias do MEC

Folha de S. Paulo; 10/04
http://bit.ly/2VyQbuu

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, definiu o primeiro escalão da pasta dando preferência a profissionais da área de gestão. Os novos secretários não têm ligação com o debate educacional. A Folha havia revelado na quarta-feira (10) que o novo ministro iria trocar as secretarias do MEC, com exceção do titular da Alfabetização, Carlos Nadalim, ex-aluno do escritor Olavo de Carvalho. Weintraub também é admirador de Olavo.

 

Novo ministro da Educação defende 
tirar Bolsa Família de aluno agressor

Estadão; 10/04
http://bit.ly/2UuZK1f

Tema do programa de Bolsonaro, a disciplina nas escolas é alvo de preocupação. Ele defende que professores agredidos em sala de aula chamem a polícia e que os pais sejam processados e, “no limite”, percam o Bolsa Família e a tutela das crianças infratoras. “Temos de cumprir leis ou caminhamos para barbárie. Hoje, há muito o ‘deixa disso’, ‘coitado’. O coitado está agredindo o professor”, disse, frisando que ainda não há medidas previstas para enfrentar o problema.


Novo ministro da Educação mostra eficiência. Para fazer o quê?
CBN; 10/04
https://glo.bo/2VzUQMB

Maria Cristina Fernandes repercute a entrevista do ministro da Educação, Abraham Weintraub, ao Estadão hoje. ‘Ele não é só um discípulo do Olavo de Carvalho. É um discípulo com foco e método, ao contrário do Vélez, que parecia um pensador diletante da nova direita’.


Frente parlamentar de educação é lançada com críticas ao MEC
Estadão; 10/04
http://bit.ly/2UGsdR1

Foi lançada hoje na Câmara dos Deputados a Frente Parlamentar Mista da Educação, que reúne deputados, senadores e organizações não governamentais. A ideia é a de defender que as políticas públicas da área sejam direcionadas para melhorar a qualidade do ensino e que se apoiem em evidências do que já funciona no Brasil e no mundo. No evento de lançamento, parlamentares mostraram preocupação com as diretrizes atuais do Ministério da Educação (MEC), tanto na gestão de Ricardo Vélez Rodrígues, quanto do recém nomeado Abraham Weintraub.

 

 

‘Termômetro da Previdência’ com atualização diária
Valor Econômico; 10/04
http://bit.ly/2VxPBx7

Monitoramento diário calcula a aceitação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

 

Proposta de Bolsonaro para reforma da Previdência
é rejeitada por 51%, diz Datafolha

Extra; 10/04
https://glo.bo/2IfcqCz

A proposta de reforma da Previdência enviada ao Congresso pelo governo do presidente Jair Bolsonaro é rejeitada por 51 por cento dos brasileiros e tem o apoio de 41 por cento da população, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira. Segundo o levantamento, a maioria da população é contra as idades mínimas para a aposentadoria. Entre os entrevistados, 65 por cento disseram ser contra a idade mínima de 62 anos para as mulheres se aposentarem, e 53 por cento se opuseram à idade de 65 anos para os homens.

 

MP que altera contribuição sindical traz insegurança jurídica
e enfraquece as instituições, avaliam especialistas

Rota Jurídica; 05/04
http://bit.ly/2X1PKJx

A Medida Provisória (MP) 873/2019, que determina que a contribuição sindical seja paga exclusivamente por boleto bancário, traz prejuízos para a sociedade, insegurança jurídica e o enfraquecimento sindical, tanto dos empregados quanto dos empregadores. A avaliação é unânime entre especialistas ouvidos pelo Portal Rota Jurídica e reflete também questionamentos feitos por entidades em todo o país. A medida contraria entendimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e diretrizes do Ministério Público do Trabalho (MPT).

 

Cancelada reunião que instalaria comissão da MP 873/19
Diap; 10/04
http://bit.ly/2GeXd2c

Pela 2ª vez consecutiva foi cancelada a reunião de instalação e eleição do presidente e vice-presidente da comissão mista destinada a proferir parecer à MP 873/19, que estava marcada para acontecer nesta quarta-feira (10). Ainda não foi definida nova data para a instalação.

 

Artigo | Do ponto de vista jurídico,
MP da contribuição sindical é uma tragédia

Conjur; 09/04
http://bit.ly/2P6gpCb

Por Rafael Edson Pugliese Ribeiro: AMP 873 classifica como “facultativas” as contribuições sindicais (artigo 545) a cargo do empregado, afirma que o pagamento deverá ser “requerido” (artigo 578), “expressamente e previamente autorizado” pelo empregado (artigo 578), não sendo admitida sequer a “autorização tácita” (artigo 579, parágrafo 1º), e que o pagamento será feito exclusivamente “por boleto bancário ou equivalente eletrônico”, também pelo empregado. Essas disposições representam o flagrante do irrazoável e documentam a constrangedora edição de uma medida provisória de muitas inconstitucionalidades. As inconstitucionalidades requerem conhecimento jurídico especializado para serem identificadas, mas o bom senso deveria funcionar para desvendar coisas que são óbvias.

 

Artigo | Sindicatos: e se a saída for a entrada?
Outras Palavras; 02/04
http://bit.ly/2P2enD7

Por João Guilherme Vargas Netto: O movimento sindical que os brasileiros conhecem e praticam desde os anos 1940 está condenado. O antídoto aos ataques do governo não é insistir nas velhas estruturas — mas levar a ação para dentro dos locais de trabalho.

 

Artigo | Pluralismo sindical: o abraço do afogado
Gazeta do Povo; 25/03
http://bit.ly/2G3FDgu

Por Antonio Neto: Lawrence Summers, secretário do Tesouro americano no governo Bill Clinton, destacou que o fato de a economia norte-americana não deslanchar mesmo diante do baixíssimo desemprego é um reflexo da precarização da mão de obra e da queda da remuneração dos trabalhadores. Segundo ele, o poder de pressão dos empresários está muito acima da força de resistência dos trabalhadores. Por isso, o economista sentenciou em artigo no Financial Times: “A América precisa mais que nunca de seus sindicatos”.

 


Ato contra a reforma da Previdência
Movimento Sindical Unificado de Jundiaí e Região; 11/04
http://bit.ly/2P1IF9b

 


Sinpro Campinas: Assembleia com professores da UNIMEP
Sinpro Campinas; 10/04
http://bit.ly/2P3SzqT

O Sinpro Campinas e região realizou na última segunda-feira, dia 08, assembleia com os professores da UNIMEP para tratar sobre os constantes atrasos de salários e outras questões internas relativas à Universidade. A deliberação dos professores foi por não entrar em greve, porém continuarão mobilizados. O Sindicato está preparando um comunicado com os encaminhamentos aprovados em assembleia. A próxima assembleia será dia 24/04, quarta-feira.

 

 


Desmonte do sistema de vigilância epidemiológica
causa a volta do sarampo

Rede Brasil Atual; 09/04
http://bit.ly/2Z8dxJs

O sarampo voltou ao Brasil. Após ter recebido da Organização Mundial da Saúde (OMS) o certificado de eliminação do sarampo, com zero casos até 2016, a doença altamente contagiosa está de volta. Segundo Arthur Chioro, médico sanitarista, professor universitário e ex-ministro da Saúde no governo de Dilma Rousseff, o certificado obtido da OMS foi um esforço de quase 50 anos do programa nacional de vacinação do Brasil, que é um exemplo para o mundo devido à dimensão continental do país.

 

Artigo | Se a Educação mobilizasse o Brasil como o futebol
Nova Escola; 09/04
http://bit.ly/2IrNFCM

Tivemos nos três primeiros meses do ano um ministro da Educação fraco, indicado por questões políticas e que não trouxe propostas para a área da Educação. A má gestão e as falhas de comunicação no Ministério da Educação (MEC) geravam discussão semana a semana, o que tornou insustentável a permanência de Ricardo Vélez Rodríguez no cargo e culminou em sua queda na segunda-feira (08/04). Como solução, o presidente da República indicou o economista Abraham Weintraub, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com trajetória de destaque no mercado financeiro, mas sem nenhuma experiência gerencial na área de Educação. A pergunta que fica é: esse cenário é aceitável?

 


Esquete do Porta dos Fundos: Escola sem Partido
Porta dos Fundos; 08/04
http://bit.ly/2VIVGXP

Vídeo do canal humorístico Porta dos Fundos fala sobre o projeto ‘Escola sem Partido’. Assista também clicando na imagem.